©
Falei e ninguém ouviu, escrevi e ninguém leu, amei e ninguém percebeu.
- Gustavo Oliveira.   (via subalternos)